A trilha da Pedra Bonita no Parque Nacional da Tijuca

A trilha da Pedra Bonita é super conhecida entre os cariocas e hoje é uma das principais atividades ao ar livre na cidade do Rio de Janeiro, isso se deve principalmente ao fato de ter um excelente custo x beneficio permite que os visitantes tenham acesso à uma vista incrível da capital carioca.

A Pedra Bonita fica localizada no Parque Nacional da Tijuca, a maior floresta urbana do mundo replantada pelo homem, com um total de 3.953 hectares da Mata Atlântica. Hoje, o Parque da Tijuca recebe mais de 3 milhões de visitantes todos os anos, brasileiros e estrangeiros de todas as idades, sendo o Parque Nacional mais visitado de todo o Brasil.

a-trilha-da-pedra-bonita-005

Dia amanhecendo no alto da Pedra Bonita. Foto: Ana Montaury

Dentro do Parque Nacional da Tijuca é possível realizar diversas atividades ao livre, como escaladas, caminhadas, voos livres, ciclismo, banho de cachoeira, skate, rapel, contato com a natureza e as trilhas até a Pedra Bonita, foco deste post.

A fama das trilhas no Parque Nacional da Tijuca é tão grande que em 2013 o Lonely Planet considerou o local como o melhor lugar do mundo para caminhadas em área urbana, isso por que o Parque Nacional da Tijuca conta com mais de 200 km de trilhas, divididas para todos os tipos de público.

A Trilha

A trilha da Pedra Bonita é curta e tem poucos momentos de subida, ou seja, em uma caminhada leve/moderada é possível completar a trilha em aproximadamente 40 minutos.

Já tive a oportunidade de fazer essa trilha algumas vezes, porém, as que eu mais gostei foram as realizadas de madrugada, para assistir o nascer do sol. É sempre bom conferir que horas o sol está nascendo na época em que desejar fazer a trilha e iniciar com mais ou menos 1 hora de antecedência.

Como podem ver pelas fotos, a trilha é maravilhosa! De um lado temos a vista da zona sul, com a praia de São Conrado, além do Morro Dois Irmãos, o Cristo Redentor e a Lagoa. Do outro é possível ver a Pedra da Gávea e a Barra da Tijuca.

a-trilha-da-pedra-bonita-009

Nascer do sol do alto da Pedra Bonita, no Parque Nacional da Tijuca. Foto: Ana Montaury

É tudo maravilhoso! Vale muito a pena.

Uma dica legal para quem for fazer a trilha: aproveite o pique pós-trilha para dar um mergulho no mar!

Por onde começo?

A trilha começa em São Conrado, na Estrada das Canoas, no mesmo local onde acontecem os saltos de asa delta. Lá tem estacionamento, então a melhor opção, se possível, é ir de carro e deixá-lo no estacionamento enquanto faz a trilha.

O que levar?

Como dissemos, a trilha é leve/moderada, ou seja, é recomendado que use um tênis confortável, roupas leves (não use jeans ou qualquer outro tecido que não seja maleável), uma camiseta dry-fit, óculos escuros e sempre levar água consigo. Além disso, é importante que carregue também uma pequena mochila com outros itens básicos, como barrinhas de cereal, protetor solar, etc, esqueça a ideia de carregar tudo nas mãos ou em uma sacola plástica.

Um lanchinho também é muito válido, para quando chegar lá em cima. Se for fazer a trilha de madrugada, é bom levar um casaquinho e uma lanterna também. Outra dica bastante importante é evitar levar itens de valor, afinal, nunca se sabe o que pode acontecer durante a trilha.

Preciso de um guia?

A trilha é super bem sinalizada, portanto não é necessário ir com um guia. No entanto, a melhor dica de todas é que jamais faça uma trilha sozinho, sempre que possível vá em grupo, por mais que você conheça bem o local.

Vista do alto da Pedra Bonita. Foto: Ana Montaury

Qual o melhor horário?

O Parque Nacional da Tijuca fica aberto diariamente das 08h00 às 17h00 (18hs no horário de verão) e oficialmente as trilhas devem iniciar até as 14h00, para que haja tempo suficiente do retorno antes que o Parque feche. No entanto, como dissemos, uma das opções é fazer a trilha no período da madrugada e acompanhar o nascer do sol do alto da Pedra Bonita.

Vale também ressaltar que é importante checar a previsão do tempo no dia que estiver preparando a sua trilha até a Pedra Bonita. A chuva, além de atrapalhar no percurso da trilha, claro, não vai ajudá-lo a conseguir uma boa vista lá de cima.

Como chegar?

O acesso ao Parque Nacional da Tijuca é bem tranquilo, seja de carro ou de transporte público. Além disso, todo o interior do Parque é muito bem sinalizado e com funcionários para auxiliar os visitantes.

Se estiver utilizando transporte público, o acesso à Pedra Bonita fica na Estrada das Canoas em São Conrado. O acesso até o portão de entrada pode ser feito pela linha de ônibus (448 – Maracaí). Já o caminho que leva até a Pedra Bonita só pode ser feito de carro, táxi, Uber (ou similares) ou a pé.

Se você estiver de carro, basta chegar até o portão de entregada pela Estrada das Canoas, em São Conrado.

Você já fez a trilha até a Pedra Bonita? Deixe seus comentários abaixo e ajude outros viajantes a fazer essa linda trilha também.

Autor: Ana Luiza Montaury

Carioca, morando em Londres, apaixonada por fotografia, Ana é aficionada por viagens e todo feriado é uma oportunidade de conhecer lugares diferentes, seja perto ou longe.

Compartilhe este post em