Porto de Galinhas, o paraíso no Nordeste brasileiro

Porto de Galinhas, um dos destinos turísticos mais badalados do nordeste brasileiro e repleto de opções para turistas de todos os gostos. Com dezenas de opções de restaurantes, lojinhas, passeios, praias lindas e claro, as mundialmente conhecidas piscinas naturais, que atraem turistas de todos os países. Além disso, um dos pontos mais incríveis de todo Pernambuco é a incrível receptividade do seu povo com os turistas, que fazem com que você se sinta realmente em casa e não queira mais voltar.

Neste post vamos dar todas as dicas pra você que pretende conhecer esse paraíso brasileiro e como aproveitar a sua viagem da melhor forma possível.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-104

Vista das jangadas de Porto de Galinhas pelas piscinas naturais. Foto: Marcel Bruzadin

Estivemos em Porto de Galinhas no início de junho, ou seja, bem na véspera da alta temporada do Brasil. Para essa viagem tivemos o apoio do pessoal do Kembali Hotel, Foco Aluguel de Carros e do pessoal do Meu Dome. A proposta da nossa viagem era aproveitar bem toda a região de Porto de Galinhas, localizada no município de Ipojuca, que contempla a praia de Muro Alto até o Pontal de Maracaípe, passando também pela Praia dos Carneiros, claro. Além disso, aproveitamos a oportunidade de estarmos de carro para ir até Maragogi, um passeio para se fazer em um dia e conhecer as piscinas naturais de Maragogi, em Alagoas.

Confira abaixo o nosso mapa personalizado com os principais pontos de interesse que recomendamos em toda a região de Porto de Galinhas.

História

Segundos os nativos da própria região de Porto de Galinhas, tal nome foi imposto logo após a abolição da escravatura, em 1888, onde se tornava crime o tráfico de escravos no Brasil, grande parte deles vindos da costa da África. Mesmo após a abolição, muitos navios negreiros continuavam a vir ao Brasil, trazendo escravos clandestinamente e desembarcando nos portos dessa região, fugindo da rota tradicional de Recife, capital do Pernambuco. Para que ninguém suspeitasse do tráfico, os escravos vinham em navios junto com milhares de galinhas d´angola, foi assim que a expressão: “tem galinha no porto!” se tornou popular. A partir disso, o local do porto começou a ser conhecido como Porto de Galinhas, sendo o nome mais popular até hoje, mesmo que o município seja Ipojuca.

Grande parte do estado de Pernambuco se aproveitou, por anos, do trabalho escravo para se desenvolver, principalmente por conta do cultivo da cana-de-açúcar, principal riqueza agrícola do período colonial. Poucas pessoas sabem, mas Pernambuco se consolidou como o principal produtor de cana-de-açúcar do mundo e possuía as mais modernas e desenvolvidas fazendas e engenhos do país.

Como chegar?

Para se chegar até Porto de Galinhas, a melhor opção é um voo até o Aeroporto Internacional de Recife (REC) e de lá pegar um transporte até a cidade. Porto de Galinhas fica cerca de 65 km de Recife, um trajeto bem tranquilo para se fazer de carro (exatamente como fizemos). A estrada que liga Recife até Porto de Galinhas é bem sinalizada e muito fácil se seguir por ela. Existe um caminho de estrada que é mais longo e evita os pedágios, mas todas as recomendações que ouvimos foi de que era melhor pagar o pedágio, afinal a estrada era bem melhor e assim fizemos.

Como dissemos no início, alugamos o nosso carro através da Foco Aluguel de Carros, uma locadora nacional e que na ocasião oferecia o melhor preço dentre todas as demais locadoras. Como só precisaríamos do carro para ir até Porto de Galinhas e conhecer as praias da região, pegamos um modelo Fiat Uno (bem econômico).

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-035

Detalhe do carro Fiat Uno que alugamos com a Foco Aluguel de Carros. Foto: Marcel Bruzadin

A Foco possui uma loja bem próxima ao Aeroporto de Recife e contam com uma van que leva os clientes do desembarque do aeroporto até a loja a cada 15 minutos, bem prático e fácil.

Assim que pegamos o carro, colocamos o endereço do hotel em que ficamos hospedados no GPS do celular e partimos em direção à Porto de Galinhas.

Quando ir?

Este é, sem dúvida, um dos principais pontos a se levar em consideração quando começar a planejar sua viagem à Porto de Galinhas. Assim como qualquer outro lugar turístico do mundo, se quiser evitar grande aglomeração de pessoas, restaurantes cheios e preços extremamente altos, fuja da alta temporada, ou seja, evite os meses de julho, dezembro e janeiro. Além disso, é extremamente importante que você planeje sua ida de acordo com a tábua de maré. Mas o que é a tábua de maré?

Jangadas nas piscinas naturais de Porto de Galinhas. Foto: Marcel Bruzadin

A Marinha do Brasil possui um documento que informa a previsão das marés em diversos pontos do país, o que auxilia pescadores e navegadores a se locomover pelos mares nacionais. Como dissemos, um dos principais atrativos de Porto de Galinhas são as piscinas naturais e elas só podem ser aproveitadas quando a maré está baixa (quanto mais próximo de 0.0, melhor). Ou seja, antes de comprar suas passagens aéreas e reservar seu hotel, verifique os melhores períodos de maré e reserve tudo com base nisso. Como o pessoal lá costuma dizer: “Porto de Galinhas com maré alta, não é Porto de Galinhas”.

Para acessar a tábua de maré, clique aqui.

Confira abaixo a tabela com a temperatura média mensal e os dias com maior queda de chuva em Porto de Galinhas:

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-clima

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-chuvas

Onde ficar?

O grande movimento de Porto de Galinhas acontece no centro, exatamente onde estão os principais restaurantes, lojas e mercados, no entanto, os melhores hotéis estão localizados um pouco mais afastados. No centro é possível encontrar dezenas de pequenas pousadas que oferecem acomodação a um preço justo, portanto, tudo vai depender do seu objetivo com a viagem.

Nessa viagem optamos por ficar um pouco mais afastados do centro, no Kembali Hotel, principalmente por que estávamos de carro, ou seja, ir até o centro era bem fácil e não levava mais que 5 minutos de carro. Mesmo que esteja sem carro, a cidade é repleta de táxis (sem Uber ou similares), o que permite fazer esse trajeto bem facilmente.

Fachada do Kembali Hotel em Porto de Galinhas. Foto: Marcel Bruzadin

O Kembali Hotel possui um conceito bem interessante de hospedagem, fugindo das acomodações tradicionais que estamos acostumados pelo Brasil, não só pelo serviço diferenciado mas também pela decoração de todos os ambientes do hotel. Por possuir a proposta de um hotel mais intimista em um ambiente mais sossegado, o Kembali só aceita crianças a partir de 13 anos de idade, o que pode ser uma excelente opção para quem está viajando em casal, como era o nosso caso. Caso esteja planejando viajar em família, uma opção (do mesmo grupo do Kembali) é o Hotel Armação, que fica a poucos metros do Kembali e também possui uma ótima reputação.

Uma das vantagens que fez com que escolhêssemos o Kembali foi a proximidade com a praia. Para entrarmos no mar, bastava descer alguns lances de escada e já estávamos com os pés na areia e somente alguns metros do mar, um ponto extremamente positivo. Além disso, por ser uma região um pouco mais afastada do centro de Porto de Galinhas, a praia em frente ao hotel é bem tranquila e pouco movimentada, ideal para quem quer um pouco de tranquilidade.

Vista para a praia do Kembali Hotel. Foto: Marcel Bruzadin

Logo que fizemos o check-in no hotel e recebemos as chaves do nosso quarto, ficamos muito felizes pelo hotel ter nos concedido um upgrade de quarto, ficaríamos num dos melhores quartos e com uma vista incrível para a praia de Porto de Galinhas. Como dissemos, todo o hotel possui um conceito bem moderno, cada um dos quartos principais possui uma temática e o nosso quarto era tema Música, com itens de decoração remetendo ao tema. Achamos muito legal!

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-071

Lounge do Kembali Hotel. Foto: Marcel Bruzadin

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-001

Nosso quarto no Kembali Hotel. Foto: Marcel Bruzadin

A reserva que fizemos com o hotel contemplava o café-da-manhã completo e podemos dizer que esse também é um dos pontos positivos do hotel, com um buffet completo de frutas, cereais, pães, bolos, tapioca e pratos típicos da região a disposição de todos os hóspedes. A maioria dos viajantes adoram aproveitar o café-da-manhã dos hotéis, onde podemos comer muito bem logo pela manhã e aproveitar o resto do dia fazendo os passeios pela cidade.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-015

Café da manhã do Kembali Hotel. Foto: Marcel Bruzadin

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-013

Frutas do café-da-manhã do Kembali Hotel. Foto: Marcel Bruzadin

Além disso, como a proposta do hotel é que seus hóspedes fiquem 100% relaxados, o hotel também dispõe de uma massagista do Spa do Charme durante o horário comercial na sala de massagem do hotel (que possui uma maravilhosa vista para a praia). Fomos convidados a experimentar uma massagem com a massagista Alessandra, que por sinal é bem famosa na região, e faz uma massagem espetacular! Se ficarem hospedados no Kembali, não deixem de procurar por ela.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-102

Spa do Charme, serviço oferecido no Kembali Hotel

É claro que existem muitas outras opções de hospedagem em Porto de Galinhas, tudo vai depender do propósito da sua viagem e o quanto você está disposto a investir nela. Como dissemos, no centro da cidade há opções de pousadas, uma boa opção para quem procura acomodação mais barata, porém, sem as vantagens que mencionamos.

O que fazer?

Essa é, provavelmente, a dúvida mais frequente entre os viajantes que estão planejando uma viagem até Porto de Galinhas e vamos ajudá-los com base nos passeios que fizemos em nossa viagem.

Piscinas Naturais de Porto de Galinhas

Como falamos anteriormente, não deixe de programar sua viagem durante o período de maré baixa, isso é determinante para você poder aproveitar bem as belezas do lugar. Sendo assim, programe sua visita às piscinas naturais de acordo com o horário da maré baixa, preferencialmente pela manhã, se possível, claro.

Chegue aproximadamente 30 minutos antes do horário previsto da maré baixa até a praça das piscinas naturais e se informe com os jangadeiros sobre os passeios com as jangadas até as piscinas. O passeio é organizado pela Associação dos Jangadeiros de Porto de Galinhas e custa R$ 25 por pessoa para poder visitar as piscinas e mergulhar com os peixes. O passeio todo tem duração de aproximadamente 45 minutos.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-111

Jangada nas piscinas naturais de Porto de Galinhas. Foto: Marcel Bruzadin

Cardume de peixes nas piscinas naturais. Foto: Marcel Bruzadin com @meudome

Passeio Ponta a Ponta

Embora o município de Ipojuca seja muito pequeno, a região tem um grande movimento de turistas o ano todo e é basicamente isso que sustenta o comércio local, desde os restaurantes até as pequenas lojas. Para que o turismo se desenvolva, há diversas associações que organizam e credenciam os profissionais que acompanham os turistas nos passeios, incluindo os bugueiros. Portanto, sempre que for realizar algum tipo de passeio por lá, procure um bugueiro credenciado.

O passeio Ponta a Ponta é uma das excelentes opções que os bugueiros oferecem a um preço justo. Com capacidade para até 4 pessoas, o passeio Ponta a Ponta faz um tour entre as principais praias da região de Porto de Galinhas, passando por Muro Alto, Cupe, Praça de Porto de Galinhas, Maracaípe e Pontal do Maracaípe. Vale lembrar que todas essas praias oferecem boas opções para refeições, desde pequenas porções até uma refeição completa, geralmente com peixes ou frutos do mar.

A praia de Muro Alto é uma das mais bonitas e é uma ótima opção começar o passeio por ela, justamente por estar localizada na região norte, assim você pode ir para o sul e passar pelas demais praias. Ao contratar o bugueiro credenciado, ele acompanhará você até o fim do passeio e você poderá aproveitar as praias com tranquilidade. Os bugueiros ilegais podem até oferecer um preço mais em conta, no entanto, costumam fazer passeios com diversos grupos de turistas (sem que você saiba) e muitas vezes acabam fazendo um dos grupos esperar e até perder horários, não caia nessa.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-023

Vista de Muro Alto. Foto: Marcel Bruzadin

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-025

Bugueiro nos aguardando em Muro Alto. Foto: Marcel Bruzadin

O destaque desse passeio fica para o final, onde é possível ver o lindo pôr-do-sol no Pontal de Maracaípe, é espetacular. Se possível, organize com o seu bugueiro para chegar por volta das 16h15 até o Pontal do Maracaípe (o sol se põe cedo nessa região do país) e fique aguardando o pôr-do-sol com calma. Há inclusive um pequeno bar no local, que serve bebidas e porções para os turistas que vão até lá.

Se o seu passeio tiver se estendido e não der tempo para isso, reserve um outro dia para ir até o Pontal de Maracaípe para ver o pôr-do-sol, vale muito a pena!

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-103

Pôr-do-sol no Pontal de Maracaípe. Foto: Marcel Bruzadin

Praia dos Carneiros

Antes de fecharmos a nossa viagem até Porto de Galinhas, já tínhamos ouvido muito sobre a famosa Praia dos Carneiros, diversas vezes considerada como a praia mais bonita do Brasil. Em nosso segundo dia em Porto de Galinhas, o pessoal do Kembali Hotel nos ofereceu como cortesia um passeio até a Praia dos Carneiros e é claro que não podíamos deixar de ir!

No dia seguinte acordamos cedo, tomamos um café reforçado e logo cedo já partimos com a van até a Praia dos Carneiros, que fica cerca de 1h30 do Kembali Hotel. Infelizmente a natureza não colaborou e o dia estava um pouco nublado e garoando. Ainda assim, durante toda a viagem o guia que nos acompanhava passava informações sobre a região, sobre as fazendas de engenho, a história dos escravos e curiosidades da vegetação local. Além disso, ele nos contou sobre a mundialmente conhecida argila natural da Praia dos Carneiros, e que segundo a lenda, tem poderes medicinais de rejuvenescimento da pele.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-075

Passeio na Praia dos Carneiros até conhecer a argila “medicinal”. Foto: Marcel Bruzadin

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-082

Igreja da Praia dos Carneiros. Foto: Marcel Bruzadin

O passeio pela Praia dos Carneiros, como as fotos mostram, é feito com um barco e passa pelas principais paisagens do local. Além disso, a Praia dos Carneiros também conta com um grande restaurante, chamado Bora Bora, mas prepare o bolso, a comida, apesar de ser deliciosa, é cara e em uma porção consideravelmente pequena.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-083

Camarão no coco no restaurante Bora-Bora. Foto: Marcel Bruzadin

Praia de Calhetas

Uma das opções de passeio que também recomendamos para quem estiver em Porto de Galinhas é a ida até a Praia de Calhetas, em Praia de Santo Agostinho. Localizada entre Porto de Galinhas e Recife, a Praia de Calhetas é uma boa opção para os viajantes que estiverem procurando uma opção de praia um pouco mais reservada, porém, com uma opção de refeição e atividades, incluindo a tirolesa.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-047

Vista ao chegar na Praia de Calhetas. Foto: Marcel Bruzadin

O acesso à Praia de Calhetas não é tão simples, envolve um estrada de terra e alguns minutos de caminhada, mas nada que seja empecilho. Como estávamos de carro, conseguimos fazer o caminho sem maiores problemas, basta jogar “Praia de Calhetas” no Waze ou Google Maps, e chegará facilmente. Caso se perca, basta perguntar para quem estiver próximo e certamente lhe ajudarão.

Ao chegar, somos muito bem recebidos com uma linda paisagem da praia e alguns pequenos barcos ancorados na sua costa.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-046

Praia de Calhetas. Foto: Marcel Bruzadin

Um pouco à frente, encontramos um pequeno estacionamento onde podemos deixar o carro com segurança e descer a pé até a praia. Como estávamos em baixa temporada, a praia estava bem vazia, portanto, conseguimos aproveitar bastante para relaxar e comer algumas porções de camarões fritos.

Como dissemos, na praia também é possível fazer a descida de tirolesa até a praia. A descida custa R$ 20 por pessoa e pode ser uma boa opção para quem está viajando com crianças.

Onde comer?

Porto de Galinhas, além de ser um paraíso lindo, é um ótimo destino para aproveitar a gastronomia local, com opções para todos os tipos de gostos. Confira abaixo algumas das opções de restaurantes e estabelecimentos que tivemos a oportunidade de experimentar e recomendar, claro.

João Restaurante

Certamente uma das melhores opções gastronômicas de Porto de Galinhas, o João Restaurante é uma das referências de restaurantes toda a região, principalmente por oferecer opções de pratos únicos e exclusivos, feitos por uma equipe extremamente atenciosa com os clientes. Além dos pratos, o restaurante fica na beira da praia e oferece uma paisagem incrível para quem quer comer bem e relaxar olhando o mar. Vale lembrar que os clientes do restaurante podem aproveitar a piscina e as redes para descansar após o restaurante.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-060

Doce de abóbora no João Restaurante. Foto: Marcel Bruzadin

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-059

Pratos exclusivos preparados no João Restaurante. Foto: Marcel Bruzadin

Peixe na Telha

Antes de chegarmos em Porto de Galinhas, o Peixe na Telha era o restaurante que mais tínhamos recebido indicações. Uma das grandes vantagens do restaurante é sua localização, bem na praça das Piscinas Naturais, ou seja, bem fácil de chegar. O Peixe na Telha conta com uma variada opção de pratos em seu cardápio, mas sua especialidade (como o próprio nome diz) são peixes e frutos do mar.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-051

Camarão na telha do Peixe na Telha. Foto: Marcel Bruzadin

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-113

Mesas do restaurante Peixe na Telha. Foto: Marcel Bruzadin

La Tratoria

O La Tratoria é a opção para os viajantes que quiserem aproveitar um ambiente italiano em plena praia. Foi uma das nossas opções durante a nossa estadia em Porto de Galinhas e nos surpreendemos pela qualidade do prato e do atendimento. Vale lembrar que estávamos em baixa temporada, então foi bem tranquilo conseguir uma mesa, porém aos finais de semana e em alta temporada a procura deve ser maior. Caso queria comer uma massa em Porto de Galinhas, essa é uma ótima pedida.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-115

Fachada do La Tratoria em Porto de Galinhas. Foto: Facebook – La Tratoria

Domingos

Localizado também nas ruas do centro de Porto de Galinhas, o restaurante Domingos foi um dos nossos preferidos da cidade. Com uma grande variedade de pratos, o restaurante possui uma decoração bastante simples, porém, muito aconchegante. Para chegar até o restaurante é bem fácil, basta chegar no centro da cidade e perguntar para qualquer local onde fica o restaurante, qualquer um saberá lhe indicar. Ele fica bem ao lado do restaurante Beijupirá, outro restaurante muito conhecido, porém, não tivemos a oportunidade de conhecer.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-112

Camarão com arroz no Domingos. Foto: Marcel Bruzadin

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-114

Placas do centro de Porto de Galinhas. Foto: Marcel Bruzadin

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-028

Carpaccio de salmão no Domingos. Foto: Marcel Bruzadin

Caldinho do Nenem

Esse é um dos restaurantes que estivemos e que possui a mais bela vista para as Piscinas Naturais de Porto de Galinhas. Com mesas no andar térreo mais algumas no deck, o Caldinho do Nenem conta com um cardápio completo de porções, bebidas e pratos para os amantes de frutos do mar. O restaurante é uma boa opção para todos os horários do dia, desde o almoço até o jantar. O grande diferencial do Caldinho do Nenem é a qualidade dos pratos e sua vista do deck para as jangadas de Porto de Galinhas.

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-116

Deck do Caldinho do Nenem em Porto de Galinhas. Foto: Facebook ‘Caldinho do Nenem’

Sorveteria Frisabor

Como amantes de sorvetes, não podíamos deixar de experimentar um sorvete tipicamente pernambucano. Foi nas ruas do centro de Porto de Galinhas que descobrimos a sorveteria Frisabor, reconhecida 8 vezes como o melhor sorvete de Recife, os sorvetes realmente nos surpreenderam. São dezenas de opções de sorvetes e todas as vezes que estivemos lá, fomos muito bem recebidos pelas funcionárias. Vale muito a pena conhecer!

porto-de-galinhas-pernambuco-viagens-incriveis-052

Sorvete Frisabor de Porto de Galinhas. Foto: Marcel Bruzadin

O que achou das nossas dicas para vistar Porto de Galinhas? Se tiver alguma outra dica ou sugestão de passeios ou restaurantes em Porto de Galinhas, não deixe de colocá-las nos comentários abaixo, assim outros viajantes poderão aproveitar melhor esse destino fantástico no nordeste do nosso Brasil.

Veja abaixo todas as fotos que tiramos em nossos passeios por lá:

Autor: Matheus Giácomo

Entusiasta da fotografia e publicitário de profissão, sou um viajante frequente pelo mundo com vontade de desbravar países e continentes a cada nova oportunidade.

Compartilhe este post em